Associadas | Câncer de mama
- - -
Home > Notícias > Doenças crônicas não transmissíveis serão pauta da ONU

 

Doenças crônicas não transmissíveis serão pauta da ONU

 

O jantar de gala oferecido pela ACS contou com a presena da Embaixadora da ONU para o Brasil, Regina Maria Cordeiro Dunlop.

O jantar de gala oferecido pela ACS contou com a presença da Embaixadora da ONU para o Brasil, Regina Maria Cordeiro Dunlop.

24/06/2011

As doenas crnicas no transmissveis(cncer, diabetes, doenas cardiovasculares e respiratrias) sero pauta de reunio da Organizao das Naes Unidas (ONU), em setembro, em Nova York. Nesta semana, durante evento promovido pela instituio, representantes da Femama ? Federao Brasileira de Instituies Filantrpicas de Apoio Sade da Mama e de outras entidades no-governamentais entregaram documento de posio sobre o assunto embaixadora da ONU para o Brasil, Regina Maria Cordeiro Dunlop.

Entre os pleitos das entidades, destaca-se o aumento de preos e impostos sobre o tabaco e destinao da verba para preveno e combate a essas doenas, que so a causa de mais de 63% do total de mortes no mundo.

Dos investimentos em sade realizados no mundo todo, apenas 0,9% se destinam a essas enfermidades. O paradoxo faz com que um nmero cada vez maior de pessoas morra de doenas curveis, como caso do cncer de mama.

?A cincia garante chances de cura de 95% para os cnceres de mama descobertos precocemente. Mas, como todos sabem, isso no acontece na prtica?, explica a mastologista Maira Caleffi, presidente da Femama.

De acordo com ela, apenas no Brasil, 30 mulheres morrem por dia de cncer de mama. No mundo, uma mulher morre a cada 68 segundos por conta desta neoplasia. Para lutar pela incluso das doenas crnicas no transmissveis nas pautas da Agenda 21 e nas Metas do Milnio das Naes Unidas (ONU) e Organizao Mundial da Sade, foi criado o Comit DCNT Brasil.

A iniciativa parte do Hospital Moinhos de Vento, de Porto Alegre, da Associao Mdica do Rio Grande do Sul (Amrigs) e da Femama (Federao Brasileira de Instituies Filantrpicas de Apoio Sade da Mama), e tem como meta atrair instituies de todo o Brasil para o trabalho em conjunto.

?Levaremos nosso pleito Conveno de Setembro. No mundo todo, instituies de sade esto mobilizadas para mudar esse quadro. Queremos, com isso, incentivar os necessrios investimentos nessa rea, diminuir o nmero de mortes e transformar o que j realidade no campo cientfico em fatos concretos na rea da sade?, enfatiza Maira.

Clique aqui e assita tambm a reportagem do Bom Dia Brasil sobre a Misso do Brasil na ONU.

  • Flávio Sthal, voluntário FEMAMA
  • Leoni Margarida Simm, Presidenta da AMUCC, Bob Chapman, Director of Operations ACS, Flávio Stahl, voluntário FEMAMA
  • Paula Johns - ACT, Cristina Parsons - ACS, Leoni Margarida Simm - AMUCC / FEMAMA
  • Leoni Margarida Simm, Flávio Stahl, Vera Golik e Paula Johns
  • Associadas FEMAMA na Missão do Brasil na ONU

 


Compartilhe:

Mais notícias