Associadas | Câncer de mama
- - -
Home > Notícias > Centro-Oeste e Norte na luta contra o câncer de mama

 

Centro-Oeste e Norte na luta contra o câncer de mama

 

19/07/2012

A Femama promoveu nos dias 17 e 18 de julho em Brasília, no Distrito Federal, o seu 1º Encontro da Regional Centro-Oeste e Norte. Estiveram presentes no evento representantes de entidades sediadas em Brasília (DF), Manaus (AM), Dourados (MS), Paraíso do Tocantins (TO) e Ponta Porã (MS).

O Encontro capacitou cerca de 20 representantes das associadas em Gestão, Captação de Recursos e Advocacy, temas que estão diretamente relacionados a melhorias no trabalho local. O evento também proporcionou às organizações a oportunidade de discutirem questões relativas ao controle do câncer de mama na região e criarem soluções para os desafios que muitas mulheres em tratamento ainda enfrentam.Algumas das entidades presentes relataram que tem como meta a construção de centros de diagnóstico, outras, visam alcançar medidas para facilitar a reconstrução mamária, ou ainda, visam construir novas sedes para ampliar os serviços de apoio as pacientes. 

“O objetivo maior destes encontros é diminuir as fronteiras. A partir deste e dos demais encontros, a Femama busca conhecer as prioridades para o atendimento dessas instituições”, pontuou Dra. Maira Caleffi, presidente da Femama. Para a Federação, esse é um modelo de encontro que enfatiza o relacionamento e a cooperação entre as representantes locais para as ações de luta contra o câncer de mama.

“Mais do que um momento para conhecer metodologias, o Encontro de Regionais foi uma forma de refletir sobre como as organizações estão conseguindo fortalecer suas estratégias de mobilização”, avalia Isabel D’Ávila, coordenadora de Advocacy. 

Para Dra. Maira Caleffi,esse Encontro teve uma diversidade maior de realidades, principalmente pela abrangência das regiões e pelas barreiras territoriais. “Apesar das distâncias, não é aceitável uma distribuição tão desigual de atenção às necessidades essenciais da população”, afirmou. “Dentro desse contexto, temos organizações de localidades que ainda tem dificuldade acesso a exames de rotina e diagnóstico precoce. Já outras carecem de tratamento mais ágil e de qualidade, para o câncer de mama”.

O Câncer de mama na região

Dados do Inca (Instituto Nacional do Câncer) apontam que no Centro-Oeste existem 48 casos de câncer de mama para cada 100 mil habitantes, sendo o tipo de câncer mais recorrente entre as mulheres da região. Já no Norte, o câncer de mama é o segundo tipo de câncer mais incidente na população (19/100 mil), perdendo apenas para o câncer de colo do útero. Juntas, ambas as regiões têm em comum a dificuldade de acesso aos métodos de diagnóstico.

Lideranças regionais

Com o apoio do IDIS (Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social) e patrocínio do Instituto Avon e Roche, o Encontro integra o “Projeto Redes Regionais: Femama no Controle do Câncer de Mama”, criado pela Federação com o intuito de capacitar as entidades em gestão, advocacy e sustentabilidade.

“Capacitar as lideranças regionais é um passo fundamental para ampliar a eficácia das iniciativas de prevenção e tratamento contra o câncer de mama. Por isso, o Instituto Avon apoia ações de caráter educacional, como esta da Femama, que possibilitam o envolvimento da sociedade civil, troca de experiências e o acesso a um conhecimento maior sobre o assunto, que impacta a vida de milhares de mulheres e de suas famílias todos os anos”, afirmou Lírio Cipriani, diretor executivo do Instituto Avon.

Em junho, a Femama realizou o 1º Encontro da Regional Sul, em Itajaí (SC), e o próximo encontro previsto, será entre associadas da região Sudeste, nos dias 7 e 8 de agosto em Valinhos (SP). 


Compartilhe:

Mais notícias