Quais os desafios das mulheres que enfrentam a doença?

Todo diagnóstico é sempre motivo de apreensão para o paciente. Quando o assunto é câncer então, a expectativa do antes, do durante e a projeção do depois muda completamente o estado psicológico e emocional do indivíduo. No caso do câncer de mama metastático, essa relação fica ainda mais difícil, pois os sentimentos das pacientes se misturam entre a incerteza do que pode ocorrer e a necessidade de continuar a vida normalmente.

Além de receber a notícia, assimilar a realidade dura, focar no tratamento e manter a esperança, a paciente ainda precisa enfrentar as outras situações da rotina que também são impactadas pela doença. A pesquisa “Conte-nos, Conheça-nos e Junte-se a Nós” (2013), realizada com cerca de 1300 mulheres em 12 países, incluindo o Brasil, avaliou como o câncer de mama metastático pode interferir nos relacionamentos da pessoa acometida em situações de convívio familiar, social e profissional.

Entre as brasileiras, a pesquisa mostrou que 74% das pacientes tiveram a saúde emocional negativamente afetada, interferindo no seu cotidiano. Duas em cada três pacientes afirmaram que sentem menos vontade de participar de determinadas atividades, especialmente as sociais e de lazer. Para 42%, o relacionamento com seus parceiros também sofreu impacto negativo. Outro impacto importante é o financeiro. Quase todas as participantes, 92%, afirmam que precisaram adaptar seus gastos por conta da doença e 66% das brasileiras precisaram parar de trabalhar por um determinado período.

“O dia a dia das pacientes com câncer de mama, principalmente em estágio metastático, é muito duro e desconhecido da maior parte das pessoas. Mais do que reunir forças para enfrentar e lutar contra a doença em um momento que o emocional está fragilizado, essas mulheres sofrem muito nos âmbitos familiar, social e profissional”, reforça a oncologista Maira Caleffi, presidente da Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama (Femama).

Confira a pesquisa:

Voltar