Dúvidas comuns de pacientes

02.01.2018

Estou com câncer de mama. O que fazer?

Talvez, você entre em estado de choque. É provável que se sinta contrariada, preocupada, deprimida, sem esperança ou assustada. De fato, você não sabe o que fazer. Está tudo bem. É normal que você se sinta contrariada e confusa. Ninguém deseja receber o diagnóstico de que tem câncer de mama.

Não se precipite. Você pode sentir que o câncer tem que ser tratado agora mesmo, ainda que não saiba bem ao certo como. Porém, aprender mais sobre o seu câncer de mama pode ajudá-la bastante. Reserve alguns dias ou semanas para conversar com seu médico e se informar sobre as opções de tratamento disponíveis. Dessa forma, você terá a certeza de tomar as melhores decisões para você e sua saúde.

Uma grande parte das mulheres que têm câncer de mama é tratada e sobrevive por muitos anos. Talvez você conheça parentes e amigas que tiveram câncer de mama, foram tratadas e estão muito bem. Essas mulheres são a prova de que é possível, para a maior parte das pessoas, recuperar-se após o tratamento de câncer de mama. Os especialistas trabalham sem descanso para achar novas formas de diagnóstico e tratamento para o câncer de mama.

Muitas mulheres não perdem o seio. Muitas vezes, os médicos removem apenas a parte do seio e do tecido ao redor da área afetada pelo câncer. Esta operação é chamada de cirurgia conservadora. Algumas mulheres devem fazer uma mastectomia para remover todo o câncer. A remoção de um seio é denominada mastectomia. A remoção de ambos os seios é chamada de mastectomia dupla. Perder um ou ambos os seios é uma experiência traumática. Você vai precisar de apoio e informação para ajudá-la a superar essa perda.

 

Se não me sinto doente, será que realmente tenho câncer?

Nem sempre o câncer fará você se sentir doente. Algumas mulheres dizem que não acreditam ter câncer de mama porque se sentem bem. Pode ser difícil acreditar que você tenha câncer da mama quando você não sente nenhuma mudança em seu corpo. Outras mulheres, entretanto, podem não se sentir bem já no período que antecede à descoberta do câncer pelos médicos.

O câncer pode crescer durante um longo período antes que se espalhe e produza sintomas ou dor. Por isso, é tão importante fazer exames médicos com regularidade.

Quanto mais cedo o câncer for descoberto e tratado, haverá maiores chances de a pessoa ter uma longa sobrevida após o tratamento.


Porque o meu médico não menciona a palavra “cura”?

Porque é difícil saber se todas as células de câncer foram eliminadas para sempre. A maioria dos médicos utiliza apalavra “remissão” em vez de “cura”. Eles dirão: “Seu câncer está em fase de remissão.” Isto significa que não há indícios de câncer nos exames feitos depois que você completou o tratamento. Esse é um momento maravilhoso para muitas mulheres!

Apesar disso, algumas poucas células cancerosas podem estar escondidas em algum lugar do seu corpo e começar a crescer depois. É por isso que os médicos não gostam de usar a palavra “cura”. Eles não podem garantir que o câncer desapareceu totalmente.

Muitas mulheres se recuperam completamente do câncer de mama e não apresentam sinais da presença de qualquer outro câncer. Outras mulheres conseguem manter o câncer sob controle e viver por muitos anos.


Poderei ter filhos após o tratamento?

Tudo dependerá do tipo de tratamento para o câncer que você receba. Pergunte ao seu médico antes de começar o tratamento se você poderá ter filhos no futuro. Algumas drogas quimioterápicas podem impedir que você tenha filhos por um período de tempo ou para sempre. Qualquer problema que você tiver para ter filhos após o tratamento vai depender dos seguintes fatores:

• Sua idade durante o tratamento.

• A quantidade de quimioterapia que você recebe e durante quanto tempo.

• O tipo de drogas quimioterápicas que você toma.

Pergunte se há algo que você possa fazer para aumentar as chances de ter filhos após o tratamento.

 

É melhor continuar trabalhando durante o tratamento ou solicitar uma licença?

Se você tiver opção de escolher e se sente bem o bastante, pode continuar trabalhando. Fale com o seu médico sobre como seu tratamento de câncer poderá afetar o seu trabalho. Pergunte se você deverá tirar uma licença do trabalho. Muitas mulheres querem se sentir o mais normal possível durante o tratamento e escolhem voltar ao trabalho o quanto antes.

Algumas mulheres que fazem uma cirurgia conservadora para câncer de mama nos estágios iniciais não têm efeitos colaterais que as impeçam de voltar ao trabalho. Elas, às vezes, trabalham durante a radioterapia ou voltam ao trabalho poucos dias depois da cirurgia. Outras tiram uma licença para poderem descansar o corpo e a mente.

Nem todo mundo se sente pronto para trabalhar durante o tratamento ou logo após a cirurgia. Só você e seu médico poderão decidir se você está pronta ou não para retornar ao trabalho. Lembre-se: não há uma decisão certa ou errada sobre essa questão.