Em 20 de maio de 2011, foi realizado o Consenso sobre Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNTs) para discutir a importância da inclusão destas doenças (cânceres, cardiovasculares, respiratórias, diabetes mellitus) nas Metas do Milênio das Nações Unidas (ONU) e Organização Mundial da Saúde (OMS). Este evento foi uma iniciativa do Hospital Moinhos de Vento, da Associação Médica do Rio Grande do Sul (Amrigs), do Instituto da Mama do Rio Grande do Sul (Imama) e da Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama (Femama).
O Consenso contou com a participação do Dr. Fernando Ghershman, Coordenador de Pesquisa do Instituto de Educação e Pesquisa do Hospital Moinhos de Vento e do Hospital de Clínicas; Dr. Carlos Henrique Casartelli, Secretário Municipal de Saúde de Porto Alegre; Dr. Carlos Alberto Machado, representando a Presidência da Sociedade Brasileira de Cardiologia/FUNCOR; Dr. Hugo Goulart de Oliveira, Coordenador da Equipe do Núcleo de Tratamento de Enfisemas do Hospital Moinhos de Vento; Dra. Carisi Polanczyk, Supervisora Médica da Unidade da Dor Torácica do Centro de Cardiologia do Hospital Moinhos de Vento e da Dra. Daniela Rosa, representando a Coordenação do Centro de Oncologia do Hospital Moinhos de Vento. Estes médicos especialistas teceram seus comentários sobre o cenário das DCNTs no Brasil, logo após a abertura realizada pelo Dr. Nilton Brandão da Silva, Superintendente Médico do Hospital Moinhos de Vento e pela Dra. Maira Caleffi, Coordenadora do Núcleo Mama Moinhos e Presidente Voluntária da Femama e do Imama. Além destes profissionais também faziam parte do Comitê DCNT Brasil o Doutor José Adroaldo Oppermann, Presidente da Associação Hospitalar Moinhos de Vento; o Dr. Antonio Carlos Weston, Diretor Científico da AMRIGS; e o Doutor Jorge Pinto Ribeiro, Chefe dos Serviços de Cardiologia do Hospital de Clínicas de Porto Alegre e do Hospital Moinhos de Vento.
O evento ainda contou com participação Sra. Cristina Parsons Perez, Diretora de Advocacy de Câncer e Coordenadora dos Comitês DCNTs, pela American Cancer Society, direto de Nova York, através de videoconferência. A representante da ACS falou sobre a mobilização global relativa ao tema. Por fim, o Dr. Aloyzio Achutti apresentou o cenário brasileiro, as alianças e os comitês internacionais em que o Comitê DCNT Brasil já está inserido. Durante o Consenso DCNT foi aprovada a Declaração de Porto Alegre, documento que visa destacar a importância da inclusão das Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNTs) nas Metas do Milênio das Nações Unidas (ONU) e Organização Mundial da Saúde (OMS).
Como resultado efetivo deste evento, o documento será encaminhado ao Ministério da Saúde e das Relações Exteriores, em Brasília, em apoio à preparação estratégica do Brasil para a reunião de alto nível das Nações Unidas em Setembro de 2011 em Nova Iorque, nos Estados Unidos. A declaração foi escrita através da união de esforços de profissionais da saúde, empresários e ONGs, e permanecerá à disposição do púbico em geral para considerações.