30.09.2019

Medicina personalizada: para cada paciente, um tratamento

Assim como toda pessoa é única, o câncer de mama de uma mulher é diferente do câncer de mama de outra. Cada paciente precisa do cuidado mais adequado para o seu caso, sempre tendo seus direitos respeitados ao longo de sua jornada de controle da doença. 

Nos últimos anos, o avanço da medicina trouxe mais qualidade de vida e melhores prognósticos para pacientes com câncer de mama. A medicina personalizada tem ganhado força e se mostrado como o melhor caminho para tratamentos mais eficazes. Nesse sentido, os exames genéticos e moleculares também podem ser uma importante arma para definir previamente a chance de desenvolver a doença e permitir a elaboração da melhor estratégia para seu enfrentamento.

Utilizar-se da medicina personalizada é tratar a saúde de cada paciente oncológico de uma forma exclusiva, considerando todo o histórico pessoal e propondo alternativas de cuidados especiais de acordo com a realidade de cada pessoa. Em outras palavras, a medicina personalizada é o nome que se dá quando os profissionais da saúde propõem tratamentos mais eficientes respeitando a individualidade de cada paciente. 

Esta forma de abordar doenças não apenas contribui com a capacidade de diagnosticar e propor tratamentos, mas também permite um grande aumento na possibilidade de detectar a doença em uma fase anterior, ou seja, em um momento no qual as possibilidades de tornar o tratamento mais adequado são bem maiores. Basicamente, isto quer dizer que ao compreendermos a doença e o paciente na sua totalidade com todas as suas especificidades, podemos pensar e encontrar um medicamento ou procedimento que seja "sob medida" para cada tipo de câncer e que garanta chances maiores de bem-estar e qualidade de vida.

Mas lembre-se, para tratar de forma personalizada cada tipo de câncer de mama, antes é necessário conhecê-los. E para isso, sugerimos a leitura do texto tipos de câncer de mama.

Como posso personalizar meu tratamento?

Para permitir a aplicação da medicina personalizada, é preciso que este método caminhe em sintonia com novas tecnologias que estão sendo desenvolvidas a todo instante para promover diagnósticos e tratamentos cada vez mais precisos, confiáveis e eficazes. Neste contexto, ao considerar as inovações da medicina, podemos ficar otimistas.

Se antes, os tratamentos eram padronizados para todos os paciente, hoje o que temos são tratamentos específicos para cada subgrupo da doença. O seu esquema de tratamento pode ser muito diferente do esquema montado para outro paciente de câncer de mama. Você pode iniciar o tratamento por uma cirurgia, enquanto outra paciente inicia pela quimioterapia, por exemplo. O importante é que você conheça o seu esquema e esteja confortável com ele. Converse com o seu médico, entenda as principais etapas, os desafios previstos e exponha seus pensamentos sobre o processo.

Campanha Outubro Rosa FEMAMA 2019

Neste Outubro Rosa, a FEMAMA traz para discussão a personalização do tratamento para os pacientes com câncer de mama. Afinal, todos os anos cerca de 60 mil novos casos de câncer de mama são diagnosticados (segundo o INCA) e cada uma dessas vidas merece acesso aos melhores cuidados e condições de tratamento.

O tema deste ano é #MeTrateDireito: para cada paciente um tratamento. A iniciativa visa estimular o empoderamento dos pacientes, pautada na busca por um tratamento personalizado, na luta pelo respeito enquanto paciente com câncer e na defesa pelos seus direitos como ser humano. Acesse http://metratedireito.femama.org.br e saiba mais sobre a campanha.

 

> CONHEÇA A CAMPANHA E MOBILIZE-SE <

  • #MeTrateDireito