Associadas | Câncer de mama
- - -
Home > Notícias > ANVISA aprova pertuzumabe para câncer de mama inicial

 

ANVISA aprova pertuzumabe para câncer de mama inicial

 

Fonte: Freepik

Fonte: Freepik

09/03/2018

Estudos comprovaram eficácia do pertuzumabe para o tratamento adjuvante de pacientes com câncer de mama inicial HER2+


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) aprovou o uso do medicamento pertuzumabe como tratamento adjuvante (após cirurgia) em casos de câncer de mama inicial HER2+. O aval da agência se baseia nos resultados de estudo que comprovaram eficácia e segurança da droga combinada com o trastuzumabe e quimioterapia.

Análises primárias do estudo mostrou que 94,1% das pacientes tratadas com a nova combinação terapêutica não apresentaram sinais de recidiva do câncer de mama, demonstrando a eficácia do tratamento a longo prazo. O câncer HER2+ é responsável por cerca de 20% dos diagnósticos e conhecido como um dos cânceres que tendem a crescer e se disseminar mais rapidamente do que os outros tipos de tumores de mama.

Apesar de ter sido aprovado pela ANVISA, isso não quer dizer que estará disponível gratuitamente no sistema público de saúde. Para que isso aconteça, é necessário que a fabricante do medicamento envie uma proposta de incorporação a ser avaliada pela Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (CONITEC).

No ano passado, o pertuzumabe foi incluído na lista de medicamentos disponíveis no SUS para tratamento de pacientes com câncer de mama HER2+, porém somente para pacientes no estágio metastático da doença. O trastuzumabe - que já estava disponível para câncer de mama inicial e avançado desde 2012 -, também foi aprovado para pacientes com metástase no ano passado.


Com informações de Portal Fator Brasil, 08/03/2018


Compartilhe:

Notícias relacionadas