10.12.2020

Onze centros de estudo no Brasil recrutam pacientes de câncer de mama para pesquisa clínica internacional

Um estudo clínico internacional da Bristol Myers Squibb (BMS) está recrutando pacientes brasileiros com câncer de mama primário hormônio positivo e HER2 negativo para uso do nivolumabe para tratamento da doença. A imunoterapia já é conhecida para tratamento de câncer de pulmão e melanoma avançado e agora está sendo estudada para tratamento de câncer de mama.  

O estudo será feito em todo mundo e, no Brasil, 11 centros de pesquisa de nove cidades brasileiras estão participando: São Paulo, Barretos e Santo André (SP); Porto Alegre e Ijuí (RS); Rio de Janeiro (RJ); Fortaleza (CE), Belo Horizonte (MG) e Brasília (DF). Para os pacientes que desejarem se inscrever para participar do estudo clínico, é necessário entrar em contato com as seguintes instituições:

  • Fundação PIO XII – Hospital do Amor de Barretos – Dr. Cristiano Souza – Barretos – SP
  • Hospital Vila Santa Catarina  - Dra. Heloisa Rodrigues -  São Paulo – SP
  • Faculdade de Medicina do ABC / CEPHO – Dra. Patricia Santi – Santo André – SP
  • Instituto de Educação, Pesquisa e Gestão em Saúde - COI-  Dra. Lilian Lerner - Rio de Janeiro – RJ
  • Oncocentro – Ceará - Dr Roberto Furlani – Fortaleza – CE
  • Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre – Dr. Carlos Escovar – Porto Alegre – RS
  • Hospital de Caridade Ijui – Dr. Fabio Franke - Ijuí – RS
  • Hospital das Clínicas da UFMG – Dra. Angelica Nogueira – Belo Horizonte – MG
  • Hospital São Lucas da PUCRS – Dr. Gustavo Werutsky – Porto Alegre – RS
  • Clínica de Pesquisas e Centro de Estudos em Oncologia Ginecológica e Mamária Ltda – Dr. Roberto Hegg – São Paulo – SP
  • Hospital Sírio Libanês de Brasília – Dr. Romualdo Barroso – Brasília – DF

Para saber mais sobre o estudo e verificar se você atende aos critérios para participar, acesse o site da BMS Study Connect.

A escolha de participar de um estudo é uma decisão pessoal importante, converse com seu médico, familiares e amigos sobre esse passo.

Pesquisa clínica

As pesquisas clínicas e estudos de medicações têm grande relevância para o avanço no tratamento de doenças. Antes de ser comercializado, todo medicamento passa pelo processo de pesquisa clínica, onde será avaliada a segurança e eficácia do tratamento. Só então ele será avaliado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) para ser comercializado no mercado. Por ainda estar no estágio III da pesquisa clínica, o medicamento nivolumabe ainda não está disponível no SUS, no plano de saúde ou de forma particular.

  • Foto: Freepik