08.12.2021

Vitória! Parlamentares derrubam veto e PL de navegação de pacientes vira lei na cidade do Rio

 

O PL 74/2021 agora é lei! Com ele, será possível a implementação de um programa de Navegação de Pacientes na cidade do Rio de Janeiro como política pública em saúde, com foco nos direitos das mulheres com câncer de mama.

Em esforço conjunto a FEMAMA, Instituto Avon e suas 75 ONGs associadas, mobilizaram  vereadores da cidade do Rio de Janeiro solicitando o apoio e voto para derrubar o veto do prefeito Eduardo Paes ao PL.

A votação da Câmara Municipal do Rio de Janeiro ocorreu no último dia 07/12, com a maioria majoritária dos votos. Dessa forma, o veto foi derrubado e o PL torna-se política pública municipal.

Entenda a Jornada do Paciente

A demora na resposta do diagnóstico oncológico, desde a suspeita de câncer e a confirmação, é desgastante para todos os envolvidos. Uma vez diagnosticado, o câncer não espera, mas a paciente é obrigada a esperar. Mesmo com as Leis dos 30 e 60 Dias, a realidade para muitos brasileiros e brasileiras é completamente outra.

Os Programas de Navegação de Pacientes são extremamente eficientes e importantes para melhor guiar as mulheres antes, durante e depois do câncer, principalmente quando estas leis são descumpridas. 

Esses programas surgiram justamente para otimizar o caminho das mulheres no SUS, muitas vezes devido à ineficiência e a demora do sistema ou por falta de informação e desconhecimento das próprias pacientes.

Com esta vitória, o Programa Navegação de Pacientes  na cidade do Rio de Janeiro servirá de exemplo para ser implantado em todos os municípios do Brasil.

  • Foto: Rio Film Commission